09 de Janeiro de 2019Rodrigo Fernandes - Fenae115 Visto

Funcef indica superavit em 2018. Participantes cobram revisão nos planos de equacionamento

Mesmo sem divulgar oficialmente o balancete financeiro de novembro, a Funcef anunciou na última sexta-feira (4) que deve apresentar superávit de R$ 1,66 bilhão em 2018. A notícia não é exatamente uma surpresa, já que a fundação optou, em dezembro de 2017, por reduzir a meta atuarial de 5,5% para 4,5%.

A pergunta que não quer calar e que ainda não foi respondida pela Funcef é se haverá alguma reavaliação nos planos de equacionamento. “Essa é a principal informação para os participantes. Se houve superavit, ela precisa rever os planos de equacionamento para aliviar a vida dos beneficiários. Estamos cobrando que ela faça isso”, explica Fabiana Matheus, diretora de Saúde e Previdência da Fenae.

A legislação também alterou regras do equacionamento no final do ano passado, ampliando o prazo e dando aos fundos de pensão o direito de rever seus planos conforme as condições previstas. Assim, eles podem ampliar o período e o número de parcelas, o que pode significar uma redução no valor mensal das contribuições extraordinárias.

Com a legislação e o anúncio do superavit, os participantes estão na expectativa de que a Funcef reveja o mais rápido possível os planos de equacionamento.